Curso de seguridad institucional

Curso de Capacitação em Segurança Institucional com Contrainteligência, Gestão de Riscos e Segurança de Dignitários

Os(as) interessados(as) deverão preencher o formulário de pré-inscrição online, que se encontra adiante, no final desta página.

 

IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

Curso de Capacitação em Segurança Institucional com Contrainteligência, Gestão de Riscos e Segurança de Dignitários

 

MODALIDADE

Presencial, em Belo Horizonte/MG.

Confira programa, professores, datas das aulas, local das aulas, valores, formulário para inscrição online, documentos necessários e outros detalhes adiante.

OBJETIVO

Capacitar agentes públicos em segurança institucional com contrainteligência, gestão de riscos e segurança de dignitários, desenvolvendo competência de nível médio (com ênfase em habilidades e atitudes), para o aumento da eficiência em atividades de fiscalização, investigação, inteligência, segurança, controle, auditoria, corregedoria e segurança institucional.

PÚBLICO-ALVO

O curso é de especial interesse para membros e servidores do Ministério Público, magistrados e servidores do Poder Judiciário, policiais, agentes penitenciários e, enfim, para agentes públicos envolvidos em atividades de fiscalização, investigação, inteligência, segurança, controle, auditoria, corregedoria e segurança institucional.

O curso tem vagas limitadas (apenas 30 vagas).

Os cursos de inteligência e segurança da INASIS TÊM TIDO, COMO ALUNOS, membros dos Ministérios Públicos Estaduais, Federal, Militar e do Trabalho, delegados das Polícias Federal e Civis, agentes da Polícia Federal, policiais da Polícia Rodoviária Federal, oficiais das Polícias Militares, oficiais das Forças Armadas, peritos, auditores fiscais federais e estaduais, magistrados federal e estadual, analistas da ABIN, analistas de Tribunais de Contas da União e estadual, agentes penitenciários, integrantes de órgãos de inteligência, fiscalização, corregedoria, auditoria e controle etc.

CARGA HORÁRIA DO CURSO

A carga horária total do curso é de 60 horas-aula.

CRONOGRAMA DO CURSO

O Curso de Capacitação em Segurança Institucional com Contrainteligência, Gestão de Riscos e Segurança de Dignitários será realizado em seis dias sequenciais, conforme cronograma abaixo:

Datas/Horários
SEGUNDA – 10/08/2015 – 18:00/22:00 – Noite
TERÇA – 11/08/2015 – 08:00/22:00 – Manhã/Tarde/Noite
QUARTA – 12/08/2015 – 08:00/22:00 – Manhã/Tarde/Noite
QUINTA – 13/08/2015 – 08:00/22:00 – Manhã/Tarde/Noite
SEXTA – 14/08/2015 – 08:00/22:00 – Manhã/Tarde/Noite
SÁBADO – 15/08/2015 – 08:00/17:30 – Manhã/Tarde

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

Módulo Ementa Objetivo
Fundamentos de inteligência Sistemas. Doutrinas. Conceitos básicos. Aspectos legais. Conhecer sistemas, serviços, espécies e doutrinas de inteligência do Brasil.Compreender a relevância da atividade de inteligência.Conhecer aspectos éticos, legais e constitucionais da inteligência.
Fundamentos de produção do conhecimento Produção do conhecimento de inteligência / contrainteligência. Conhecer o ciclo de produção do conhecimento de inteligência/contrainteligência.
Fundamentos de operações de inteligência Fundamentos doutrinários de operações de inteligência. Ter visão geral de ações de busca e técnicas operacionais, especialmente estória-cobertura, reconhecimento operacional e recrutamento operacional.
Fundamentos de planejamento de operações de inteligência Fundamentos de planejamento de operações de inteligência com ênfase na segurança das operações, com apresentação de medidas de contravigilância. Conhecer planejamento de operações de inteligência com ênfase na segurança das operações, com apresentação de medidas de contravigilância
Contrainteligência – contra crime organizado Contra crime organizado, na perspectiva da contrainteligência Conhecer crime organizado, na perspectiva da contrainteligência
Contrainteligência – segurança orgânica Fundamentos doutrinários de contrainteligência. Segurança orgânica: Segurança dos Recursos Humanos; Segurança do Material; Segurança das Áreas e Instalações; Segurança da Informação no Pessoal; Segurança da Informação na Documentação; Segurança da Informação no Material; Segurança da Informação nos Meios de Tecnologia da Informação; Segurança da Informação nas Áreas e Instalações. Conhecer os conceitos básicos de contrainteligência (CI). Identificar ações que possam comprometer os conhecimentos e/ou dados sigilosos. Identificar os grupos de medidas de CI. Conhecer as medidas de segurança orgânica.
Contrainteligência –segurança ativa Contrapropaganda. Contraespionagem. Contrassabotagem. Contraterrorismo. Conhecer contrapropaganda, contraespionagem, contrassabotagem e contraterrorismo.
Segurança da informação na internet Orientações práticas sobre aplicativos (softwares) para segurança da informação na internet – comunicação segura, armazenamento seguro e criptografia Conhecer e realizar exercícios práticos com aplicativos (softwares) para segurança da informação na internet – comunicação segura, armazenamento seguro e criptografia
Segurança de dignitários Segurança de dignitários (autoridades) Conhecer segurança de dignitários.Conhecer medidas preventivas e procedimentos de segurança pessoal em ambientes como residência, trabalho e lazer.
Gestão e análise de riscos Gestão e análise de riscos Conhecer gestão e análise de riscos.
Contrainteligência – Plano de Segurança Institucional Levantamento de vulnerabilidades, para o Plano de Segurança Institucional Realizar exercício prático de levantamento de vulnerabilidades, para o Plano de Segurança Institucional
Gestão e análise de riscos Identificação, análise e avaliação de vulnerabilidades, ameaças e consequências (impactos), para o Relatório de Análise de Riscos Realizar exercício prático de identificação, análise e avaliação de vulnerabilidades, ameaças e consequências (impactos), para o Relatório de Análise de Riscos
Gestão e análise de riscos Elaboração de Matrizes e/ou de Relatório de Análise de Riscos Realizar exercício prático de elaboração de Matrizes e/ou de Relatório de Análise de Riscos
Contrainteligência – Plano de Segurança Institucional Elaboração de Plano de Segurança Institucional Realizar exercício prático de elaboração de Plano de Segurança Institucional

 

CORPO DOCENTE

 NOME  TITULAÇÃO  EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL NA ÁREA E EM DOCÊNCIA
Denilson Feitoza Pacheco Pós-Doutor em Inteligência, Segurança e Direito (Canadá), Pós-Doutor em Ciência da Informação, Doutor em Direito, Mestre em direito e Master of Arts in Open and Distance Education (Reino Unido) Professor de política e direito da inteligência, metodologia da pesquisa em inteligência e direito processual penal. Ex-secretário adjunto de Estado de Defesa Social de Minas Gerais. Presidente da Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (INASIS). Presidente do Instituto Brasileiro de Inteligência Criminal (INTECRIM). Presidente do Capítulo Brasil da International Association of Law Enforcement Intelligence Analysts (IALEIA). Coordenou o Grupo de Inteligência dos Ministérios Públicos e o Grupo de Tecnologia da Informação dos Ministérios Públicos. Idealizou, projetou e implementou o sistema nacional de inteligência dos Ministérios Públicos. Coordenou o Centro de Segurança e Inteligência Institucionais (CESIN) do Ministério Público de Minas Gerais. Foi secretário-geral do Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC). Foi o coordenador de planejamento institucional (estratégico) do Ministério Público de Minas Gerais. Ex-Diretor-geral da Fundação Escola Superior do Ministério Público de Minas Gerais (FESMPMG). Procurador de justiça no Ministério Público de Minas Gerais.
Joanisval Brito Gonçalves Doutor em Relações InternacionaisMestre em História das Relações Internacionais Doutor em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (2008). Mestre em História das Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (1999). Especialista em Inteligência de Estado pelo Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Recursos Humanos da Presidência da República, atual Escola de Inteligência (1999). Especialista em Integração Econômica e Direito Internacional Fiscal pela Escola de Administração Fazendária (2005). Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (1995). Bacharel em Direito pelo Centro Universitário de Brasília (2001). Advogado. Consultor Legislativo do Senado Federal para Relações Exteriores e Defesa Nacional e Consultor da Comissão Mista de Controle da Atividade de Inteligência do Congresso Nacional. Professor do Centro Universitário de Brasília e do Instituto Legislativo Brasileiro/ Universidade do Legislativo. Instrutor externo da Universidade da Força Aérea (UNIFA) nas cadeiras de Geopolítica e de Direito Internacional dos Conflitos Armados.Tem experiência nas áreas de Relações Internacionais, Segurança e Defesa, Atividade de Inteligência e Controle Parlamentar e em Direito Internacional Público e Direito dos Conflitos Armados, atuando principalmente com os seguintes temas: atividade de inteligência, controle parlamentar, segurança e defesa, polemologia, crimes contra a humanidade, tribunal penal internacional e direito internacional humanitário. Em 2006, foi pesquisador associado do Canadian Centre for Intelligence and Security Studies (Norman Paterson School of International Affairs Carleton University, Ottawa, Canada). Principal publicação: Tribunal de Nuremberg 1945-1946: a Gênese de uma Nova Ordem no Direito Internacional (Rio de Janeiro: Ed. Renovar, 2a ed., 2004). Condecorado com a Medalha do Pacificador e a Medalha Mérito Santos Dumont. Principais disciplinas lecionadas: 1. Em graduação – Introdução às Relações Internacionais; Direito Internacional Público; Direito Internacional Humanitário; Introdução ao Direito. 2. Em pós-graduação: Direito Internacional Humanitário; Geopolítica; Segurança da Informação e Planejamento Estarégico; Atividade de Inteligência;Teoria Geral do Estado; Direitos Humanos. 3. Em cursos de capacitação: Introdução às Relações Internacionais; Defesa Nacional; Questões Internacionais Contemporâneas; Intregração Regional; Direito Internacional.
Arismar Luz Filho Mestre em Operações Militares Coronel R-1 do Exército Brasileiro. Chefe da Seção de Operações na Subseção de Operações do Comando Militar do Planalto em 1984/87. Subdiretor no Parque Regional de Manutenção da 5ª Região Militar em 1988/90. Diretor no Parque Regional de Manutenção da 8ª Região Militar em1991/92. Responsável pela Implantação da Seção de Ensino de Operações de Inteligência na Escola de Inteligência Militar do Exército em 1995.Chefe da Seção de Ensino de Operações de Inteligência na Escola de Inteligência Militar do Exército em 1995/2001. Coordenador de Operações de Inteligência naAssessoria de Pesquisas Estratégicas do INSS em 2002. Chefe da Superintendência de Inteligência da SSP/BA na Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia em 2003/06.Subsecretário de Segurança Pública do Estado da Bahia na Estado da Bahia em 2005/06. Coordenador das Forças-tarefa: Repressão aos Assaltos a Bancos; Repressão ao Narcotráfico e Repressão aos Grupos de Extermínio na Composição Básica das Forças-tarefa do Estado da Bahia: Ministério Público Estadual; Tribunal de Justiça; PM; PC; Polícia Técnica. (Núcleo de Segurança do Banco do Brasil) em 2004/06. Subsecretário de Segurança Pública do Estado do Espírito Santo na Estado do Estado do Espírito Santo em 2007. Diretor de Políticas de Segurança Pública na Secretaria de Defesa Social do Estado de Alagoas em 2007/08. Fez os seguintes cursos e estágios: Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN;Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais – EsAO; Operações de Inteligência – EsNI; Operações Especiais – Israel; Entrevista e Interrogatório – EsNI; Avançado de Inteligência – EsIMEx; Gerenciamento de Crises, Sequestros e Negociações de Reféns – FBI/EEUU; Curso de Técnicas de Combate aos Crimes Financeiros e à Corrupção na Admi-nistração Pública – FBI/EEUU; Corregedoria Geral da União e Previdência Social; Seminário Internacional de Prevenção e Repressão à Lavagem de Dinheiro e a Corrupção na Administração Pública – FBI/EEUU.
Marcos Roberto Gomes Amorim Mestre em Operações Militares Coronel R-1 do Exército Brasileiro. Mestre em Operações Militares. Curso C-1 (Operações) da Escola Nacional de Informações. Curso de Inteligência Avançado da Escola de Inteligência Militar do Exército. Curso de Entrevista na Escola Nacional de Informações. Curso E3.11 (segurança de autoridades) na Escola Nacional de Informações. Curso de Lavagem de Dinheiro da ABIN. Curso de Técnicas Especializadas do Centro de Formações de Recursos Humanos/ABIN. Ex-assessor da Divisão de Operações do Centro de Inteligência do Exército.

 

 

 

Poderá haver, ainda, outros professores de nível equivalent, conforme datas específicas.

 

REQUISITOS

requisito geral é ser agente público.

Os interessados devem, de modo simplificado, realizar inscrição online (https://www.inasis.org) com pagamento da matrícula (ou do total do curso), condicionada a matrícula definitiva à apresentação dos documentos e comprovação dos requisitos.

Terá preferência o interessado com pagamento já efetuado da matrícula (ou do valor total do curso).

Portanto, o pagamento da matrícula (ou do valor total do curso) poderá ser feito logo após o interessado inscrito receber e-mail de confirmação da inscrição online, a fim de garantir a vaga.

A inscrição e a matrícula devem ser realizadas até 10 de agosto de 2015 (segunda-feira à tarde), tendo preferência o interessado que primeiro fizer o pagamento da matrícula ou do valor total.

A confirmação da inscrição será feita na medida em que for feita cada inscrição. A confirmação da inscrição será feita por correspondência eletrônica (e-mail) endereçada ao e-mail fornecido pelo interessado inscrito.

O interessado deverá, necessariamente, preencher, no formulário online de inscrição:

a) curriculum vitae;

b) exposição escrita dos motivos que levaram o candidato a querer fazer o curso.

A INASIS se reserva o direito de fazer entrevista (presencial ou à distância) do interessado, a fim de verificar se cumpre requisitos de inscrição.

Poderão ser rejeitadas a inscrição e/ou a matrícula se o intressado possuir antecedentes criminais, punições disciplinares ou perfil social incompatíveis com as características do curso.

Após inscrição online e pagamento, a matrícula definitiva deverá ser feita até dia 10 de agosto de 2015 (segunda-feira), na parte da tarde (antes do início das aulas), mediante:

a) comprovante do depósito do valor da matrícula (ou, se optante por desconto, comprovante da quitação integral do valor do curso);

c) assinatura do contrato de prestação de serviços educacionais;

d) apresentação de todos os documentos exigidos.

 

Devem ser apresentados os seguintes documentos, para matrícula, até a data acima referida:

a) ficha de inscrição impressa e devidamente preenchida, após pré-inscrição online (https://www.inasis.org/?page_id=470) (ou seja, trata-se da ficha de pré-inscrição online, mas impressa);

b) 2 (duas) fotografias 3×4;

c) curriculum vitae (deve estar na ficha de inscrição online);

d) exposição dos motivos que levaram o candidato a querer fazer o curso, com o máximo três laudas digitadas (a exposição de motivos deve estar na ficha de inscrição online);

e) documento comprobatório de ser agente público;

f) cópia da carteira de identidade;

g) cópia do CIC (CPF);

h) cópia de um comprovante de endereço (máximo de três meses de emitido).

Esses documentos deverão ser entregues na INASIS, pessoalmente ou por SEDEX, até a data da matrícula (note que o SEDEX deve ser enviado com prazo suficiente para chegar até a data da matrícula).

Para facilitar o processo de matrícula:

a) a ficha de inscrição (ou seja, ficha de pré-inscrição online) será impressa pela própria INASIS;

b) o contrato de prestação de serviços educacionais será assinado pelo(a) aluno(a) no primeiro dia de aula, na parte da manhã;

c) todos os documentos poderão ser entregues até, impreterivelmente, o primeiro dia de aula, na parte da tarde, ou seja, até dia 10/agosto/2015, segunda-feira.

Se efetuar o pagamento por meio de DOC ou transferência online, verifique se, realmente, o valor foi debitado em sua conta-corrente, pois já ocorreu de, por problema de preenchimento dos dados, o valor não ser depositado na conta-corrente da INASIS.

Lembre-se de reler o Edital do Curso de Especialização, que é bastante detalhado, com local da administração da INASIS, local das aulas, datas e horários de todas as aulas, relação de professores, conteúdo programático (ementas) e cronograma do curso.

A formação da turma está sujeita a número mínimo de alunos.

ENFIM, APÓS PRÉ-INSCRIÇÃO ONLINE E PAGAMENTO DA MATRÍCULA E ANTES DE EFETUAR A MATRÍCULA:

A) quanto à ficha de inscrição, a própria INASIS irá providenciar sua impressão;

B) quanto aos documentos, apresente-os no ato da matrícula;

C) quanto ao contrato de prestação de serviços educacionais, poderá ser assinado no primeiro dia de aula;

D) aguarde instruções que seguirão com bastante tempo.

Veja instruções adiante, no item INSCRIÇÃO ONLINE.

 

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

A INASIS outorgará certificado de conclusão ao participante que tenha:

a) sido considerado como APTO nos exerícios de cada módulo;

b) satisfeito os requisitos do curso;

c) frequentado 100% das aulas ou, se houver falta devidamente justificada que seja aceita pela coordenação do Curso, frequentado no mínimo 75% das aulas;

d) cumprido as normas da INASIS.

FREQUÊNCIA MÍNIMA EXIGIDA

O aluno deverá ter 100% de frequência.

O aluno poderá ter até o mínimo de 75% de frequência nas aulas, se houver falta devidamente justificada que seja aceita pela coordenação do Curso

A frequência terá registro diário e por turnos, mediante assinatura em lista nominal de presenças.

CERTIFICAÇÃO

A INASIS é a instituição de ensino responsável pela expedição do certificado de conclusão dos cursos de capacitação em inteligência e segurança.

O certificado será emitido com nome do curso ministrado e nome Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (INASIS), mais a grade curricular no verso. Somente será emitido certificado para o aluno que cumprir as normas e for considerado apto, conforme sistema de avaliação (veja acima).

 

 HISTÓRICO DA INASIS

 Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (INASIS)

Durante anos, pesquisadores, professores e profissionais das áreas de segurança (segurança internacional, defesa nacional e segurança pública) e de inteligência (inteligência de Estado, inteligência de segurança pública e outras espécies) discutiram a criação de um espaço comum, para desenvolver, apoiar e/ou promover pesquisas e publicações e influir na política (legislação, planos e ações governamentais) nesses campos.

Então, foi criada, em 2014, a Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (International Association for Security and Intelligence Studies – INASIS) por professores e pesquisadores de variadas áreas (direito, relações internacionais, ciências sociais, ciências políticas, história, ciência da informação, informática etc.), bem como por profissionais (chefes, agentes e analistas de inteligência).

A INASIS já foi criada com os primeiros capítulos (seções nacionais), nos Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile e Portugal. Ainda no 2º. Semestre de 2014, serão criados capítulos em mais treze países.

Todos os professores e coordenadores (cerca de trinta) que desenvolviam cursos de inteligência na Fundação Escola Superior do Ministério Público de Minas Gerais (FESMPMG) migraram para a Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (INASIS).

Portanto, 100% dos cursos e projetos da FESMPMG passam, a partir do 2º. semestre de 2014, a ser realizados exclusivamente pela INASIS.

Essa transição foi feita de maneira inteiramente transparente e amigável entre a FESMPMG e a INASIS, como uma evolução natural resultante da grande dimensão que tais projetos e cursos passaram a ter, necessitando, portanto, de uma instituição como a INASIS – nova, específica, independente e de nível internacional.

A Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência é uma associação de âmbito internacional, de caráter acadêmico, científico e profissional, sem fins lucrativos e de duração indeterminada.

A denominação da Associação tem as seguintes traduções, respectivamente, em inglês, espanhol e francês: International Association for Security and Intelligence Studies; Asociación Internacional de Estudios de Seguridad e Inteligencia; Association Internationale pour l’Étude de la Sécurité et du Renseignement.

A Associação utiliza a abreviação INASIS, em qualquer idioma, inclusive para fins fiscais, bancários e contratuais.

A INASIS tem por princípios:

I – interdisciplinaridade;

II – pluralismo científico, acadêmico, profissional e cultural;

III – independência quanto a qualquer doutrina ou ideologia política, social ou filosófica;

IV – não vinculação a qualquer credo ou religião;

V – democracia do saber;

VI – qualidade.

Compreendem-se, no campo de atuação da INASIS, as políticas, as atividades, as organizações, os processos, os métodos, as técnicas, as tecnologias, as profissões, a educação, os estudos e as pesquisas de segurança e inteligência.

São objetivos da INASIS, em seu campo de atuação:

I – congregar pesquisadores, professores, profissionais, gestores e entidades, em âmbito local, nacional, regional e global;

II – promover a cooperação e o intercâmbio entre pesquisadores, professores, profissionais, gestores e entidades, em âmbito local, nacional, regional e global;

III – realizar pesquisa, ensino, desenvolvimento institucional e atividades de caráter educacional, científico, profissional, cultural, social e artístico relacionados à segurança e inteligência;

IV – produzir e divulgar o saber, seja acadêmico, científico ou profissional, sobre segurança e inteligência;

V – elaborar, editar, publicar, divulgar ou promover trabalhos e obras;

VI – assegurar financiamento para pesquisa e publicação;

VII – promover, instituir, ministrar ou manter cursos de formação, graduação, pós-graduação, extensão, especialização, mestrado, doutorado, preparação, capacitação, treinamento e aperfeiçoamento, inclusive em convênio com instituições de ensino superior e centros de pesquisa;

VIII – estudar, desenvolver, promover e apoiar padrões de qualidade e indicadores de desempenho para a segurança e a inteligência;

IX – estudar, desenvolver, promover e apoiar padrões profissionais de desenvolvimento de carreiras na segurança e na inteligência, incluindo educação prévia ao emprego, normas de recrutamento e seleção, e programas de desenvolvimento profissional contínuo.

Além das atividades mencionadas, a INASIS poderá desempenhar outras, desde que compatíveis com seus princípios e objetivos, em que se incluem os vários aspectos da segurança e da inteligência, como administração, direito, educação, história, política, sociologia, tecnologia, metodologia da pesquisa, ética e operações da segurança e da inteligência.

Para a consecução de seus objetivos, a INASIS poderá utilizar, além de outros, os seguintes instrumentos:

I – criação e manutenção de comissões ou grupos, para estudos, trabalhos, pesquisas e análises;

II – promoção e realização de cursos, palestras, conferências, seminários, congressos ou outros eventos;

III – participação, por seus representantes ou delegados, de comissões, de grupos ou de eventos;

IV – assinatura de convênios, em âmbito local, nacional, regional ou global, com entidades similares, universidades, faculdades, centros de pesquisa, empresas e organismos governamentais ou não governamentais;

V – elaboração e acompanhamento de projetos normativos, bem como apresentação de sugestões e recomendações sobre o seu conteúdo;

VI – promoção, edição, publicação ou divulgação de livros, teses, ensaios, revistas, jornais, boletins, ou outras obras e periódicos, por qualquer meio, seja material impresso, sonoro ou eletrônico, ou por qualquer tecnologia, seja imprensa, telefone, televisão, rádio, internet, outras rede de computadores etc.;

VII – filiação a entidades nacionais, regionais ou globais;

VIII – concessão de certificados, prêmios, distinções, bolsas de estudo, financiamentos ou repasse de financiamentos, para reconhecer, promover ou estimular estudos ou pesquisas;

IX – propositura de ações civis públicas ou outras ações judiciais;

X – divulgação da INASIS, seus princípios, campo de atuação e objetivos por qualquer meio, seja material impresso, sonoro ou eletrônico, ou por qualquer tecnologia, seja imprensa, telefone, televisão, rádio, satélite, internet, outras redes de computadores etc.;

XI – comunicação entre seus membros por qualquer meio, seja material impresso, sonoro ou eletrônico, ou por qualquer tecnologia, seja telefone, televisão, rádio, satélite, internet, outras redes de computadores etc.

 

VALOR DO INVESTIMENTO

1ª. OPÇÃO (PARTICULAR): 2 parcelas x R$ 2.667 = R$ 5.334 (valor do curso sem desconto)

2ª. OPÇÃO (ÓRGÃO PÚBLICO ou empresa): R$ 5.334,00 à vista em parcela única

3ª. OPÇÃO (PARTICULAR): R$ 4.800 à vista em parcela única (valor do curso com 10% de desconto)

OBSERVAÇÕES SOBRE PAGAMENTO POR ÓRGÃOS PÚBLICOS: 

a) o pagamento por órgão público não tem desconto, mesmo quando pago à vista, em razão de o custo operacional de recebimento de pagamento por órgão público ser significamente superior ao feito por pessoa física ou pessoa jurídica privada (emissão de declarações específicas, apresentação de certidões fiscais e de outras naturezas, diversos contatos para esclarecimentos sobre fundamentos jurídicos de contratação e regras do contrato público, emissão prévia de nota fiscal antes mesmo de receber o pagamento,  pagamento prévio dos tributos antes do pagamento do curso ser efetuado tão logo tenha sido emitida a nota fiscal, demora no pagamento do curso mesmo após emissão da nota fiscal e, além disso, às vezes, ocorre o inadimplemento, pois o valor cai na categoria de restos a pagar);

b) o pagamento deve ser feito à vista. Se o órgão público desejar parcelar, deverá contatar previamente a INASIS, para propor os termos de eventual parcelamento e obter a concordância da INASIS;

c) o órgão deverá contatar a INASIS previamente, a fim de solicitar toda a documentação pertinente à contratação mediante inexigibilidade de licitação ou, conforme o caso, dispensa de licitação;

d) para agilizar, o órgão público poderá obter todos os documentos necessários via comunicação eletrônica e, então, o respectivo servidor público recolherá os originais no primeiro dia de aula, entregando-os ao órgão público;

e) o órgão público poderá solicitar a INASIS os fundamentos jurídicos para contratação mediante inexigibilidade de licitação (ou, conforme o caso, dispensa de licitação), bem como modelo rigoroso de contrato público, a fim de preservar o patrimônio público;

f) o órgão público deverá fazer o empenho prévio da despesa, anteriormente à data de início do curso, ou seja, até 07/agosto/2015;

g) o órgão público deverá fazer, em seu processo de contratação, o registro de que o curso somente será realizado se houver número mínimo de alunos.

valor da matrícula é o valor da primeira parcela, no caso de pagamento parcelado, ou o valor total do curso (nos casos de parcela única)

 

DADOS BANCÁRIOS DA INASIS

Nome completo: Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência

Abreviatura (inclusive fiscal e bancária): INASIS

CNPJ: 20.276.516/0001-70

Banco: Itaú

Número do banco: 341

Agência: 0573

Conta-corrente: 03646-4

Enviar comprovante de pagamento por e-mail para: sec.inasis@inasis.org

 

INFORMAÇÕES, INSCRIÇÕES, MATRÍCULAS E LOCAL DAS AULAS

 

LOCAL DA ADMINISTRAÇÃO DA INASIS:

Associação Internacional para Estudos de Segurança e Inteligência (INASIS)

Telefone: (31) 3526-4250

E-mail: sec.inasis@inasis.org

Website: https://www.inasis.org

 

LOCAL DAS AULAS:

Auditório do Niagara Flat Hotel: Rua Timbiras, 3135, bairro Barro Preto, Belo Horizonte/MG, Brasil, CEP 30140-062

Referências: a) entre rua Paracatu e rua Ouro Preto; b) próximo cruzamento das ruas Timbiras e Ouro Preto.

A INASIS tem convênio com o Niagara Flat Hotel, com valor reduzido em relação à tabela, para os alunos que desejarem se hospedar nele.

Guia Turístico oficial de Belo Horizonte pode ser consultado em: http://www.belohorizonte.mg.gov.br/bh-primeira-vista/guias-turisticos . Neste website, podem ser encontradas informaçoes sobre hospedagens (desde albergues a hotéis de luxo), atrativos (Mercado Central, roteiros, parques, museus, Circuito Praça da Liberdade etc.), compras, esportes, gastronomia (restaurantes, bares, cafeterias, sabores), coisas para curtir (agenda cultural, teatros, casas de shows, onde dançar, cinemas).

 

PRÉ-INSCRIÇÃO ONLINE

1º) Preencha o formulário online de inscrição abaixo e clique em “enviar”

2º) Aguarde e-mail de confirmação da inscrição

3º) Depois, faça o depósito da matrícula ou pague o valor integral (conforme a opção escolhida) na conta-corrente da INASIS, o mais brevemente possível, pois somente o depósito garante a vaga e a preferência no curso

4º) Em seguida, envie comprovante de depósito bancário para sec.inasis@inasis.org

5º.) Depois, verifique se o dinheiro foi realmente debitado de sua conta-corrente, se efetuou pagamento por DOC ou por transferência bancária;

6º) Então, faça a matrícula definitiva, com entrega de todos os documentos

7º) Em caso de dúvida, contate sec.inasis@inasis.org

 

APÓS PAGAMENTO DA MATRÍCULA E ANTES DE EFETUAR A MATRÍCULA:

A) quanto à ficha de inscrição, a própria INASIS irá providenciar sua impressão;

B) quanto ao contrato de prestação de serviços educacionais, poderá ser assinado no primeiro dia de aula.

Os documentos deverão ser entregues na INASIS, pessoalmente ou por SEDEX, até a data da matrícula (note que o SEDEX deve ser enviado com prazo suficiente para chegar até a data da matrícula).

 

Para facilitar o processo de matrícula:

a) a ficha de inscrição será impressa pela própria INASIS;

b) o contrato de prestação de serviços educacionais será assinado pelo(a) aluno(a) no primeiro dia de aula, na parte da manhã;

c) todos os documentos poderão ser entregues até, impreterivelmente, o primeiro dia de aula.

Se efetuou o pagamento por meio de DOC ou transferência online, verifique se, realmente, o valor foi debitado em sua conta-corrente, pois já ocorreu de, por problema de preenchimento dos dados, o valor não ser depositado na conta-corrente da INASIS.

Lembre-se de reler o Edital do Curso de Especialização, que é bastante detalhado, com local da administração da INASIS, local das aulas, datas e horários de todas as aulas, relação de professores, conteúdo programático.